Luia Mantelli

Luia Mantelli formou-se em 2003 em Arquitetura e Urbanismo pela Uniritter. No mesmo ano foi morar em Barcelona onde iniciou sua pós-graduação em Amoblament, na escola
Déia Disseny. Neste período, paralelo ao curso, trabalhou em diferentes áreas, que foram imprescindíveis para sua formação profissional e pessoal.

Os anos seguintes foram de muito trabalho, persistência e dedicação aos estudos. Participou de diversos concursos conquistando prêmios na área de mobiliário e arquitetura. Encerrando o curso, foi encarregado, através do escritório que trabalhava (air-projects.com), a desenvolver projetos pontuais de revitalização do casco antigo da cidade de Cagliari-Sardegna.

Segundo Luia, foi um momento muito importante da sua carreira " foi meu primeiro projeto autoral, iniciando minha carreira como designer de mobiliário, aplicando toda experiência adquirida no curso e trajetória laboral em Barcelona." Nestes projetos todo mobiliário foi exclusivo: mesas, cadeiras, e toda a programação visual tinha que expressar a nova cara que o casco antigo da cidade de Cagliari pretendia passar para seus habitantes, de renovação. Este projeto se estendeu por 3 anos e foi quando o arquiteto retornou ao Brasil e lançou sua primeira coleção de mobiliário pela Signo Moveis, empresa de Lajeado, que fabrica e distribui peças a todo Brasil. Em 2019 toda linha da Signo Moveis, assinada por Luia, passa a ser reeditada e comercializada pela Drio Mobiliário.

Paralelo a isso, Luia iniciou seus estudos de Design de Mobiliário na Unisinos + Politécnica de Milão, para absorver mais rapidamente o que o mercado brasileiro exigia o que foi muito importante para adaptação ao mercado local e ao sistema produto.

Em busca de novos parceiros chegou a Reeps (com sede em Lajeado desde 1948 , a Reeps é uma das mais importantes fabricas em madeira do Brasil) e, junto com o Mathias Sander, diretor executivo da mesma, iniciou a primeira linha de moveis autorais da Reeps: a Drio Mobiliário.

"Nestes anos de experiência trabalhando como designer de mobiliário aprendi o verdadeiro papel do designer: conectar o fabricante ao cliente final. Para que isso aconteça, é necessário imergir no processo fabril particular de cada empresa e, utilizando seus principais potenciais, criar peças atrativas e com preço competitivo aos olhos do consumidor. É um trabalho estratégico e colaborativo, onde o designer é somente uma peça de todo o sistema: o meu papel como designer é de colocar as necessidades e desejos humanos no centro de tudo, significa projetar moveis e produtos que apoiem e aprimorem o comportamento humano e ações na vida cotidiana, restaurando o equilíbrio
humano em marcas e empresas."

Atualmente Luia conecta empresas e pessoas com o mercado nacional e internacional, trabalhando colaborativamente, e assim, criando novos negócios, gerando empregos e potencializando o melhor delas, através da experiência adquirida ao longo dos anos, dentro e fora do Brasil. É diretor criativo da Drio Mobiliário que tem como principal objetivo atender o mercado
através do desenho autoral:

"É entender o DNA da empresa para projetar - trabalhar menos como autor e mais como colaborador - potencializando as melhores características da indústria, assim como, auxiliando o desenvolvimento de novos diferenciais competitivos para os diferentes perfis de clientes."

Exibindo todos 5 resultados